Enviando arquivos via FTP com o FileZilla

Se você tem um blog ou site, FTP é a forma mais prática e rápida de enviar arquivos, e também a mais popular. Nesse artigo, irei mostrar como enviar arquivos via FTP com um dos clientes mais populares: o FileZilla. Além de bastante fácil de usar, e em português, o FileZilla é gratuito e é também software livre.

Para conseguir enviar arquivos via FTP para o seu blog ou site, você precisa do endereço do servidor de FTP, usuário e senha. Essas informações você consegue com seu provedor de hospedagem (onde você hospeda seu site).

O download e a instalação que iremos detalhar aqui é apenas para Windows, mas o FileZilla também possui versões para Linux e Mac OS. A utilização (no final do artigo) é idêntica em qualquer sistema operacional.

Baixando o programa

Acesse a página de downloads do FileZilla, e baixe a versão mais recente para Windows. No momento que estava escrevendo o artigo, a versão mais recente era a 3.6.0.2. Veja a imagem abaixo:

Enviando arquivos via FTP com o FileZillaDepois de clicar em “Download Now”, aguarde alguns segundos que o download irá começar automaticamente.

Instalando o FileZilla

A instalação é bem simples e nenhuma configuração é necessária nesse momento. Abra o arquivo que você acabou de baixar, e vá clicando nos botões “I Agree”, “Next”, “Next”, “Next”, “Install” e “Finish”, como nas imagens abaixo:Enviando arquivos via FTP com o FileZilla Enviando arquivos via FTP com o FileZilla Enviando arquivos via FTP com o FileZilla Enviando arquivos via FTP com o FileZilla Enviando arquivos via FTP com o FileZilla Enviando arquivos via FTP com o FileZillaFinalmente, enviando os arquivos

Depois de consultar seu provedor de hospedagem a respeito dos dados de acesso ao servidor de FTP, preencha como na imagem abaixo:

  • Host: é o endereço do servidor. No meu caso, ftp.projetoweb.info
  • Nome de usuário: também é fornecido pelo provedor. Geralmente é o mesmo de acesso ao painel de controle
  • Senha: essa não precisa nem explicar, digite sua senha :P

A porta geralmente não é necessário preencher. Pode deixar em branco. Em seguida, clique em Conexão rápida, como na imagem abaixo:

Enviando arquivos via FTP com o FileZillaSe a conexão for bem sucedida, irá aparecer uma mensagem como essa:

Enviando arquivos via FTP com o FileZillaAbra a pasta onde está o seu site no seu computador, e a pasta www no servidor. Geralmente é esse o nome da pasta no servidor, mas se não tiver nem uma pasta chamada www, nem uma pasta chamada public_html, entre em contato com o atendimento do provedor de hospedagem. Veja a imagem abaixo:

Enviando arquivos via FTP com o FileZillaDepois que você entrar nas pastas corretas, basta arrastar os arquivos que desejar da pasta no seu computador, para a pasta no servidor.

Dúvidas? Utilize os comentários! :)

Melhore a posição do seu blog WordPress no Google criando um Sitemap XML

Boa parte dos visitantes de um blog vem do Google. Já tem gente que nem se dá mais ao trabalho de digitar o endereço de um site, e pesquisa direto Google. Então se seu site aparece nas pesquisas lá pela página 10, você está perdendo muitos visitantes.

Google XML Sitemap

Mas melhorar a posição no Google não é tarefa fácil. Exige bastante pesquisa, e não tem receitinha de bolo. Antes de mais nada, seu blog tem que ter um bom conteúdo. Apesar disso, algumas dicas podem lhe ajudar. Uma dessas é essa: criar um Sitemap XML (sitemap.xml) para que o Google possa ler.

O Sitemap XML vai dizer ao Google quais são as páginas do site, quando foi a última alteração etc. Tudo isso vai ajudar a levantar sua moral no buscador. Veja aqui um exemplo de Sitemap XML.

Agora mãos à obra:

Pra começar, entre no painel de Administração do seu blog WordPress com o usuário administrador. Em seguida clique em Plugins, e Adicionar Novo, como na imagem abaixo:

Google XML SitemapEm seguida, digite na caixa de texto Google XML Sitemap e clique em Pesquisar plugins, como no exemplo abaixo:

Google Sitemap XML

Encontre o resultado do Google XML Sitemap (deve ser o primeiro) e clique em Instalar agora, como no modelo:

Google XML SitemapQuando aparecer a mensagem de confirmação, clique em OK:

Google XML SitemapAssim que terminar de instalar (espere o carregamento da página terminar), clique em Ativar plugin como na imagem abaixo:

Google XML SitemapSerá exibida a mensagem Plugin ativado. Então clique em Configurações, e em XML-Sitemap, como no modelo abaixo:

Google XML SitemapPor último, é só clicar em Click here (como na imagem abaixo) para gerar o sitemap.xml pela primeira vez. Se não apreceu para você, vá até o final do artigo.

Google XML Sitemap

O plugin tem várias opções que você pode explorar. Mas deixando as opções padrão, já irá funcionar perfeitamente! :)

Agora você pode testar o seu sitemap.xml acessando: http://www.seublog.com/sitemap.xml

Se seu site é novo e ainda não está no Google, adicione ele ao buscador nessa página.

Pronto!

PS: Algumas pessoas reclamaram que o menu “XML-Sitemap” não aparecia. Se foi o seu caso, você pode utilizar o Google XML Sitemaps (com s no final), que é praticamente a mesma coisa. Dei uma pesquisada, mas não consegui encontrar uma explicação plausível para esse bug, mas provavelmente trata-se de um conflito com algum plugin.

Teste e melhore o desempenho do seu site, blog ou sistema web com o WebPagetest

Ninguém gosta de um site lento. Isso é fato.

Mas como saber se um site realmente está lento (ou se não é a conexão com a internet) e o que fazer para melhorar? Essa seria uma pergunta bem difícil se não existisse um serviço como o WebPagetest.

A ferramenta testa seu site utilizando uma conexão externa, ou seja, diferente da sua. Isso dá mais credibilidade do que simplesmente abrir o site para ver se está lento.

A idéia é bem simples. Primeiro, acesse o site: www.webpagetest.org

Em seguida, digite o endereço do site que quer testar, e clique em “Start Test”.

WebPageTestAlguns segundos depois será exibida uma tela como essa, que já informa quantos segundos o site levou para carregar:

WebPagetestDepois, será exibido um resultado mais detalhado, como na tela abaixo:

WebPagetest
Repare na tabela que é exibida (abaixo). Ela mostra os principais dados da análise, nesse caso, levou 7.7 segundos para abrir a primeira vez, e 4.5 segundos para abrir novamente. O interessante é que seu site abra pela primeira vez em no máximo 10 segundos:

WebPagetestNo final de tudo, é exibido o resultado de quanto tempo levou para carregador todos os elementos do site (imagens, CSS, JavaScript etc.).

WebPagetest

De posse desses dados, o que fazer?

Se você usa WordPress, e abriu em mais de 10 segundos, pode ser uma boa ideia verificar os plugins e os temas que você está usando. Substitua seu tema por um tema mais simples (o padrão do WordPress é bem leve) e veja se diminui o tempo. Se diminuir, você já resolveu parte do problema.

Outros elementos também precisam ser levados em consideração:

Dicas mais avançadas:

Se nada disso resolver, entre em contato com o seu provedor, que eles com certeza irão lhe dar algumas dicas para melhorar o desempenho do seu site!

Economize espaço em sua conta de hospedagem de sites utilizando contas de e-mail do Gmail

E-mail é uma coisa complicada. Alguns meses após o lançamento do Gmail, Bill Gates simplesmente não conseguia entender o porque de tanto espaço: “Para que você precisa de mais de um giga?”, “O que você tem nele? Filmes? Apresentações do PowerPoint?”. Ele achava que o Google estava exagerando. Hoje as contas do Gmail tem mais de dez giga!!

A questão é que as pessoas se acostumaram com isso, e pararam de se preocupar com o espaço ocupado pelo e-mail. Então você cria e hospeda um site para um cliente, dá uma conta de e-mail, e logo logo o espaço da sua conta de hospedagem foi pro beleléu. Um espaço que daria para hospedar dezenas de sites simplesmente acabou por causa de uma conta de e-mail de um cliente. Como evitar isso?

Utilizando o Gmail para criar e-mails personalizados

Mesmo utilizando o Gmail, não é necessário que seus e-mail apareçam como fulano@gmail.com quando forem enviados. O serviço permite a personalização, então você pode tranquilamente utilizar seu e-mail como fulano@seudominio.com.br. Como fazer?

  1. Antes de começar, crie uma conta de e-mail no Gmail. Para o exemplo criei a conta:
    projetoweb.blog @gmail.com
  2. Vá no painel de controle da sua hospedagem (no exemplo, utilizo o CPanel) e na seção “Correio”, clique em “Redirecionamentos”, como na imagem abaixo:
    CPanel - Correio - Redirecionamentos
  3. Quando abrir a tela de Redirecionamentos, clique no botão Adicionar Redirecionamento
  4. Preencha o formulário como no modelo abaixo, definindo o e-mail com seu domínio e substituindo projetoweb.blog@gmail.com pela sua conta do Gmail, e clique em Adicionar Redirecionamento, como no exemplo abaixo:
    CPanel - Adicionar Redirecionamento - Formulário
  5. Será exibida uma mensagem como essa:
    Adicionar Redirecionamento - Confirmação
  6. Entre na sua conta do Gmail e clique no ícone  Ícone - Configurações - Gmail e depois em “Configurações”.
  7. Depois clique na aba “Contas e Importação”, e em seguida “Adicionar outro endereço de e-mail que você possui”, como na imagem abaixo:Gmail - Configurações - Adicionar outro endereço
  8. Depois preencha o formulário, trocando “Endereço de e-mail” pelo redirecionamento que você criou, desmarque a opção “Tratar como um alias” (saiba mais aqui) e em seguida clique em “Próxima etapa”, como no exemplo abaixo:
    Gmail - Configurações - Adicionar outro endereço - Formulário
  9. Na próxima tela, basta deixar como está e clicar em “Próxima etapa”:
    Gmail - Configurações - Adicionar outro endereço - Servidor SMTP
  10. Agora só falta o e-mail de confirmação. Clique em “Enviar confirmação”:
    Gmail - Configurações - Adicionar outro endereço - ConfirmaçãoVai chegar uma mensagem (pode demorar alguns minutos) com um título como “Gmail Confirmação – Enviar e-mail como blog@projetoweb.info”. Clique no link do e-mail ou digite o código fornecido como na tela abaixo:Gmail - Configurações - Adicionar outro endereço - Confirmação

Se você quizer que o endereço personalizado (Ex.: blog@projetoweb.info) seja o padrão na hora do envio, volte em “Configurações”, “Contas e importação” e clique em “usar como padrão”, ao lado da conta que você acabou de adicionar.

Pronto! Agora você pode enviar e-mails com sua conta personalizada, utilizando o Gmail e criar quantas outras você quizer para sua família, clientes e amigos!